03 julho 2011

Há momentos em que não me sinto capaz, sabes.
Quem sabe, provavelmente ando este tempo todo a tentar arranjar desculpas para adiar o inevitável.
Não é fácil dizer-te "Adeus", quando (não o quero e) foste o único que me fez bem.
But maybe it's time to let you go...