03 agosto 2012

Can I be close to you?


Eras meu e eu era tua, muito antes dos nossos corações se aperceberem e a boca ter tempo de se pronunciar.
Eras meu, sentia o no toque, via-o no teu olhar. Era tua, sempre que estremecia ao sentir-te perto e lembrar-te longe.
Eras meu…e eu continuo tão tua.

(Agosto 2010: “Gosto de ti :)”