17 fevereiro 2010

Nada mais que a verdade.

Jamais me esquecerei das tuas ultimas palavras.
Jamais me esquecerei do teu sorriso que as acompanhou.

Jamais me esquecerei como essa verdade naquele momento se tornara a minha mentira.
E jamais me esquecerei do quanto precisei dessa verdade na semana seguinte...

Tantas saudades tuas, Avô.
Tantas....

2 comentários:

Utopia do ♥ disse...

Como eu sinto tão bem estas palavras.. *

Anônimo disse...

Ser feliz é vencer as intrigas da própria alma.
É navegar sozinho na própria solidão,
É galgar os píncaros maldosos da inveja,
É amar o incógnito e possuir a terceira visão.

Ser feliz é debruçar na janela da angústia.
É pisar nos espinhos impiedosos da tristeza,
É adentrar o labirinto frenético da loucura,
É ver na catedral dos sonhos, a sua beleza.

Ser feliz é sorrir e vencer enquanto chora.
É amar e oferecer perdão enquanto odeia,
É doar a quem precisa e que tem fome,
É respeitar, com o coração, a boca alheia.

Ser feliz é afastar-se consciente da vaidade.
É apartar-se do orgulho nato sem rancor,
Ser feliz é amar à verdade, é sorrir à vida,
É dormir e amanhecer na paz do senhor.

Querida mulher...